top of page
Buscar
  • Foto do escritorVinícius Zanus

Da mesada ao salário: a consciência financeira começa cedo e dura a vida toda

O que faz com que uma sociedade prospere ou fracasse? Muitos fatores podem ser considerados, mas a capacidade de gerir suas finanças é, sem dúvida, um deles. Desde o surgimento das primeiras moedas na antiga Mesopotâmia até a era do Bitcoin, o dinheiro tem desempenhado um papel fundamental na história da humanidade.


Em seu livro "Sapiens: Uma Breve História da Humanidade", Yuval Noah Harari nos lembra que "o dinheiro é a coisa mais universalmente aceita na economia. É a coisa mais fácil de trocar e a coisa mais fácil de guardar". No entanto, ele também destaca que "o dinheiro é um sistema de confiança, e a confiança pode ser facilmente abalada". Vemos isso com frequência em crises econômicas, quando a confiança nas instituições financeiras e no sistema monetário é abalada.


A negligência em relação à educação financeira é uma questão crônica na sociedade contemporânea. A falta de conscientização sobre o assunto resulta em uma população que, em grande parte, está endividada e pouco preparada para gerir suas finanças de maneira eficiente. Essa problemática torna-se ainda mais preocupante em um cenário de intensas mudanças econômicas, no qual a volatilidade do mercado financeiro - gerida pela confiança - exige um maior conhecimento e habilidade por parte dos indivíduos. Nesse contexto, é fundamental que a sociedade como um todo, incluindo instituições educacionais, governamentais e financeiras, assuma a responsabilidade de conscientizar e capacitar as pessoas para uma gestão financeira consciente e eficiente. A conscientização sobre as finanças é um passo fundamental para o desenvolvimento individual, pois permite que as pessoas tomem decisões mais assertivas em relação as suas vidas, além de contribuir para o desenvolvimento da sociedade como um todo.


Hoje, com o avanço da tecnologia, temos à nossa disposição uma infinidade de ferramentas que podem ajudar no gerenciamento de nossas finanças. Aplicativos de orçamento, plataformas de investimento e serviços de consultoria financeira estão cada vez mais acessíveis. No entanto, a consciência financeira ainda é fundamental para que possamos utilizar essas ferramentas de maneira eficaz.


O futuro das finanças é incerto, mas uma coisa é certa: a educação financeira continuará sendo fundamental para o sucesso e evolução das pessoas e das sociedades. É importante que cada um de nós assuma a responsabilidade por nosso próprio conhecimento financeiro e trabalhe para compartilhar essas experiências com nossos amigos, familiares e comunidades. Só assim poderemos construir um futuro mais sustentável e próspero.


Vinícius Zanus

Assessor de Comunicação - Publicitário

Especialista em Marketing e Tecnologia

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page